Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Últimos metros decisivos no Grande Prémio de Atletismo da Murtosa


Avelino Conceição (texto)/Paulo Ramos (foto) segunda, 02 dezembro 2019

O Grande Prémio de Atletismo da Murtosa saiu para a estrada ontem de manhã, sob organização da Associação Cultural Bunheirense e Câmara Municipal da Murtosa, da Associação de Atletismo de Aveiro, tendo a IDS como patrocinador oficial da prova. Muito vento, alguma chuva e, sobretudo, frio, marcaram a quarta edição da corrida, mas não impediram cerca de 600 atletas, divididos por vários os escalões - Benjamins a Veteranos -, de se fazerem à estrada e dar vida e cor a algumas das principais artérias da localidade murtoseira. Após as corridas dos escalões mais jovens deu-se o tiro de partida da prova rainha do programa, que tinha um lote de grandes nomes inscritos, tanto na vertente masculina, como na feminina, pelo que se esperava uma corrida intensa e, sobretudo, uma grande luta para cortar, em primeiro lugar, a meta instalada no Parque da Saldida.

O vento que se fez sentir, aliado a um percurso muito rápido, todo ele plano, provocou mudanças na frente da corrida, pelo que a segunda volta viria a ser decisiva nos dois sectores. David Silva, do Sporting de Braga, venceu ao “sprint” (31.59 minutos) Miguel Ribeiro (32.00 minutos), do Olímpico Vianense, tendo João Almeida, do Recreio de Águeda, fechado o pódio a dois segundos do vencedor. No lado feminino, depois de ter passado na terceira posição aos cinco quilómetros, Emília Pisoeiro, do Recreio Desportivo de Águeda, atacou forte na segunda volta para garantir a vitória (35.52), deixando Daniela Cunha (Individual) na segunda posição (36.07 minutos), cabendo a Marisa Barros (Salgueiros) fechar o pódio, com o tempo de 36.28 minutos.

Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados